fbpx
 em Blog

A melhor forma de começar uma conversa sobre motos é falando sobre os seus números. Até 2016, existia 27 milhões delas nas ruas do Brasil, ou seja, quase uma moto a cada oito pessoas. Isso quer dizer que cerca de 25% de todos os veículos automotores em circulação são de duas rodas

E os números não param de crescer! Afinal, as motocicletas se tornaram muito populares e o motivo de tanto sucesso é bem simples e está voltado a certos privilégios que os condutores possuem sobre as duas rodas , a praticidade que elas oferecem diante das demandas de locomoção da vida atual (principalmente nos grandes centros urbanos) e a sensação de liberdade que elas proporcionam.

Se você ficou interessado em saber mais sobre as vantagens de ter uma moto, separamos alguns benefícios que só quem possui uma motocicleta pode usufruir. Está curioso? Então continue a leitura até o fim!

1. Baixo custo de manutenção

Quando comparado com os carros, o preço da manutenção de uma motocicleta é realmente reduzido, especialmente para as de baixa cilindrada que representam a maioria das motos vendidas no Brasil.

Isso pode ser visto começando pelo baixo custo das trocas de óleo — elas levam uma menor quantidade no motor do que um automóvel de quatro rodas. Se você conferir as prateleiras de peças de reposição poderá se surpreender novamente com os menores valores praticados.

Os pneus, por também serem dois a menos em comparação com os carros, não ficam para trás. Eles garantem competitividade no mercado e, nitidamente, podemos perceber que possuem menores dígitos na tabela de valores.

2. Rendimento dos quilômetros por litro

No universo dos carros é comum encontrarmos “beberrões” que fazem até “redemoinho no tanque”, como diz um jargão popular. Já para as motos de baixa cilindrada, fazer de 35 a 40 km/L não é uma marca que surpreende.

Esse é um aspecto muito importante em tempos de elevados preços de combustíveis, o que faz muitas pessoas buscarem alternativas em motos e carros elétricos para satisfazer a necessidade de locomoção sem estourar o orçamento.

3. Valor da compra

Apesar de parecer óbvio, cabe ressaltar que uma moto zero-quilômetro, custa até 5 vezes menos do que alguns carros populares. Apesar da economia, vale a pena pesquisar marcas e modelos e escolher a opção que melhor se encaixa no seu perfil e nas suas necessidades.

Sendo assim, compensa procurar por um bom parceiro de negócios. Além do preço economizado na compra, você ainda terá benefícios como menores impostos, uma vez que estes são aplicados sobre o valor venal do bem.

4. Baixa emissão de dióxido e monóxido de carbono

Por possuírem um monocilindro pequeno — maioria das motos de baixa cilindrada — variando de 110 a 300 centímetros cúbicos, elas também poluem menos, devido à menor queima de combustível quando comparado com os motores de carros. Estes últimos normalmente possuem três ou quatro câmaras de combustão. Sendo assim, podemos classificar as motos como “amigas do meio ambiente”.

5. Sensação de liberdade e agilidade

Apesar de ter menor potência que os automóveis, elas não ficam para trás na hora de acelerar, pois, possuem menor peso e uma relação peso/potência muito semelhante a dos veículos de quatro rodas. Sendo assim, um passeio pode ser muito divertido, especialmente com a sensação de liberdade que o vento forte batendo no peito proporciona.

Desta forma, as vantagens de ter uma moto vão além do custo reduzido de manutenção ou maior rendimento do combustível por quilômetro rodado. A praticidade que elas oferecem frente as necessidades de locomoção urbana, e por poluírem menos, são fatores que justificam a sua popularidade entre os principais veículos de transporte. 

E então? Gostou de conhecer as vantagens de ter uma moto? Aproveite e conheça 3 dicas para comprar a sua nova.

Postagens Recentes