fbpx
 em Blog

As motos com lâmpada de LED têm ganhado cada vez mais admiradores, porém ainda existem muitas dúvidas relacionadas à permissão de seu uso. Isso acontece porque nem todo mundo tem conhecimento sobre as especificações exigidas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Mais do que uma questão puramente estética, é preciso que o motociclista saiba o funcionamento das leis vigentes para garantir um trânsito mais seguro e evitar punições, como multas ou até mesmo a apreensão do veículo.

Neste artigo, vamos falar sobre o tema e esclarecer dúvidas relacionadas ao uso de luzes LED em motocicletas. Estar bem informado é fundamental para garantir o cumprimento de seus direitos e evitar possíveis problemas, por isso, continue a leitura e acompanhe!

O que diz o Contran

O Contran é órgão nacional que regulamenta as normas de trânsito do país, sendo, por isso, o local mais correto para buscar informação sobre a permissão do uso de lâmpadas LED, assim como sua proibição.

De acordo com a Resolução 384/2011 do mesmo código, é proibida a alteração da iluminação de luzes que tenham como fonte algum tipo de gás, como é caso das chamadas luzes Xenon, sendo, dessa forma, passível de multa.

Como as lâmpadas LED não têm esse tipo de fonte, não há norma vigente no momento relacionada especificamente à sua proibição.

Vantagens da iluminação LED

Motos com iluminação LED apresentam algumas vantagens em relação a outros tipos de lâmpadas. Um dos principais pontos é que esse tipo de luz gasta menos energia, o que pode representar uma economia significativa de consumo.

Outro fator é a intensidade maior de iluminação, assim como o acendimento instantâneo, que juntos contribuem para aumentar a segurança na hora de frear ou sinalizar durante o trânsito.

Cuidados ao usar a iluminação LED

O uso da iluminação LED requer alguns cuidados por parte dos motociclistas para garantir uma direção mais segura e de acordo com a legislação. Quando o uso for frontal, o correto é adotar um globo refletor capaz de manter a luminosidade dentro do que a lei de trânsito exige.

Para evitar que a intensidade da luz seja emitida em excesso, o indicado é não comprar as lâmpadas em mercados paralelos, pois elas podem não estar de acordo com os padrões de segurança estabelecidos, contribuindo, assim, para o aumento dos riscos de acidentes.

Outra questão que merece atenção é a manutenção das lâmpadas LED, já que, quando apenas uma lâmpada queima, a troca dela pode ser um pouco mais complicada, devido ao fato de elas geralmente ficarem agrupadas em um conjunto único à prova de umidade e selado. A solução, nesse caso, seria trocar a placa toda.

Neste artigo, falamos sobre o uso de motos com lâmpada de LED de acordo com a legislação vigente. O motociclista que optar por esse tipo de farol deve se informar sobre a sua permissão, assim como as normas que regulamentam seu uso de acordo com o Contran, em caso de questionamentos por parte de autoridades policiais de trânsito.

Para ficar por dentro de todas as nossas novidades e ter acesso a mais conteúdos relevantes, siga nosso Facebook e Instagram!

Postagens Recentes